Em momentos de transição como o que estamos vivendo atualmente no Brasil, com altas taxas de desemprego, queda nos salários e dificuldade de recolocação, muitas pessoas estão encontrando no empreendedorismo uma boa alternativa. Então, surge a pergunta: será que eu tenho perfil empreendedor? Serei um empresário de sucesso?

Ao longo desses 24 anos atuando no ramo de franchising, conheci diferentes perfis de empresários e empreendedores, cada um com suas características, pontos fortes e fracos. Para ajudar quem está ingressando no mundo dos negócios, elenquei as 7 qualidades que considero importantes:

1 – Vontade
Você precisa ter muita disposição para assumir riscos e responsabilidades. Principalmente nos momentos de crise, sua atuação positiva é fundamental. Esse ponto é relevante uma vez que todos passarão por dificuldades, seja mais cedo ou mais tarde, pois a vida de qualquer empresário é dinâmica e sujeita a momentos bons e momentos de dificuldades, mas como encaramos esses momentos é que faz toda a diferença nos resultados.

2 – Ousadia
Ousadia significa não ter medo de alcançar resultados e lutar pelo que planejou. Não deixe o medo se apoderar de você, dos seus negócios e torná-lo refém do fracasso. Sem ousadia, o negócio naufraga. Ousar não é arriscar em um voo cego, mas planejar e acreditar piamente nesse planejamento, assim o executando com plenitude e eficácia.

3 – Motivação
Acordar todos os dias com ânimo é essencial e fundamental para o progresso de qualquer negócio. Um empresário não pode ficar esperando que um ser de outro planeta venha motivá-lo todos os dias ou que seus colaboradores o façam. A motivação precisa ser diária, de segunda a segunda, 24 horas por dia, pois isso lhe dará energia para lutar sempre e em qualquer circunstância.

4 – Apoio da família
A família é o berço, a base e o princípio de tudo. Nascemos, vivemos e morreremos em família. É importante que a família também conheça seus planos de ser empresário e o apoie, pois isso irá impulsioná-lo diariamente, principalmente quando houver algum problema no negócio, e possivelmente haverá algum obstáculo para ser superado. A família deverá conhecer cada detalhe do negócio, pois assim manterá solida a relação empresarial e familiar.

5 – Determinação
Resistir em tempos de crise, incertezas e apuros é imprescindível para um empresário de sucesso e o empresário que não é determinado, sucumbe na primeira crise que acontecer em seu negócio.

6 – Atitude vencedora
Para vencer em qualquer área é preciso enfrentar, pois sem enfrentamento não há vitória e sem vitória não se atinge o êxito. A atitude vencedora deve estar em cada um de nós em todas as fases para refletirmos e talvez, até mesmo para retrocedermos e recomeçarmos de uma forma correta. A atitude nos faz ir ao encontro de soluções, pois sem ela, interrompemos nossa caminhada.

7 – Inteligência espiritual
A inteligência espiritual talvez seja a mais importante característica, pois envolve o invisível. Não me refiro aqui à religião ou crenças, e sim em acreditar naquilo que não se vê, mas que se sente. Tudo começa com o sonho e se concretiza no material. Primeiro você deve se enxergar como um empresário bem-sucedido, enfrentando problemas, solucionando conflitos e só depois nascerá o empresário. Recentemente uma corrente está apontando para esse, como fator vital de sucesso.

A pouco tempo atrás o QI, quociente de inteligência era apontado como fator de sucesso, ao longo do tempo, percebeu-se que o QI deu lugar a IE, inteligência emocional, ou seja o quanto somos equilibrados em tempos de adversidade, mas a pouco tempo atrás, descobriu-se que a Inteligência espiritual é a forma mais preponderante as pessoas de sucesso, pois acreditar, lutar pelo que se planejou e enxergou antes de nascer é ter plena convicção do sucesso. Primeiro os olhos veem e depois tudo acontece, se materializa.

Além destas, trago mais duas dicas para quem quiser testar seu perfil de empreendedor. O site da Endeavor traz um quiz bem interessante, que simula situações reais na jornada rumo ao negócio próprio.

Outra boa fonte de referência é o Sebrae, velho conhecido dos pequenos empresários e empreendedores. Nesta pesquisa realizada em todo o país, a entidade mapeou as 40 perguntas mais recorrentes de um empresário.

E você, está preparado para empreender?

Por Sidney Kalaes